top of page
jornal

Imprensa

Espaço de relacionamento com a mídia e assessorias de comunicação

Garimpo Tradicional: Neste Dia do Trabalhador conheça a história de Dona Preta 



Dona Eunice Rodrigues de Oliveira, mais conhecida como Dona Preta, é uma figura emblemática em Alto Paraguai, dedicando sua vida à atividade de garimpo tradicional. Para ela, o garimpo não é apenas uma fonte de sustento, mas uma parte intrínseca de sua identidade e história familiar. No entanto, Dona Preta reconhece os desafios enfrentados pela mineração tradicional, e apesar de sua paixão pela atividade, é consciente das mudanças necessárias para garantir que o garimpo seja uma atividade responsável para as futuras gerações.

 

Neste 1º de Maio, Dia do Trabalhador, Dona Preta é a convidada do podcast "Garimpo Sustentável", transmitido nesta quarta-feira, pelo canal do Estado do Amanhã no YouTube, às 20h. A trabalhadora, se casou aos 12 anos, chegou no garimpo aos 20 anos, construiu a vida e criou nove filhos, como cozinheira de garimpo.

 

Dona Preta sonha em retornar à atividade de garimpo de diamante, um desejo permeado não apenas pela nostalgia do passado, mas também pela esperança de um futuro onde o trabalho responsável promova transformações sociais e oportunidades para todos. “Eu falo pra todo mundo que garimpo é bom. Eu trabalhei muito e vi muita gente trabalhando e tendo uma vida melhor e mais digna. Meu sonho é ver o Alto​ Paraguai reviver os bons tempos como na época do garimpo, a cidade agora está apagada. Que voltar a ver as pessoas se desenvolverem e crescerem na vida com o garimpo.

 

O gestor do projeto, Dr. Josias Silva defende que “em um país onde o garimpo muitas vezes é associado a problemas ambientais e sociais, Dona Preta e outros como ela estão desafiando essa narrativa, mostrando que é possível conciliar a tradição com a sustentabilidade”.

 

O idealizador do projeto Garimpo Sustentável, do qual o podcast é uma ampliação de metas, destaca que neste Dia do Trabalhador, é importante refletir sobre o compromisso comum de construir um mundo melhor para todos os trabalhadores, onde o respeito pelas comunidades seja uma prioridade. “Dona Preta e sua história nos lembram que, mesmo diante dos desafios, a determinação e a visão de um futuro melhor podem nos guiar rumo a uma sociedade mais justa e sustentável.”



Aline Coêlho

Assessoria de Comunicação

Posts recentes

Ver tudo

Cordemato realiza 11ª Semana do Cavalo

A Central das Organizações do Estado de Mato Grosso (Cordemato) assina em 2024, a responsabilidade na realização da programação vinculada ao setor dos esportes equestres e do desenvolvimento econômico

コメント


bottom of page