top of page
jornal

Imprensa

Espaço de relacionamento com a mídia e assessorias de comunicação

Plano de Desenvolvimento de Turismo é possibilidade de renda para agricultores rurais

Atualizado: 31 de jul. de 2023



A possibilidade de conseguir um complemento ou uma nova fonte de renda no quintal de casa. Essa é a oportunidade apresentada aos moradores do Assentamento Rural de Pontal do Marape, com o projeto de Plano do Desenvolvimento do Turismo Sustentável. A comunidade está localizada a 160 km da sede do município de Mova Mutum, e a distância territorial, junto as potencialidades do local, que incluem a contemplação do bioma Amazônia, o turismo de pesca, a visitação das propriedades e o consumo local da produção rural resultaram no projeto.


Entra as ações para estruturar e fomentar o turismo local, a iniciativa da Central das Organizações do Estado de Mato Grosso (Cordemato), em parceria com a Secretaria de Desenvolvimento Econômico (Sedec), por meio da Secretaria Adjunta de Turismo (Seadtur) realiza quatro formações gratuitas para moradores da comunidade, neste mês. No próximo domingo (30.07), das 08 às 12h, na Escola Municipal Jorge Carlos Ferreira, serão realizadas as capacitações sobre Ecoturismo e Turismo Rural, e tem como aplicadores, Rafael Simões e Geraldo Lúcio, as vagas são limitadas em 40 pessoas, e os interessados devem entrar em contato pelo telefone (65) 9969-0762 .


A capacitação sobre Turismo de Pesca e de Aventura, com Enymar Ataíde e Luciano Borges, foi realizada no último dia 13. E o produtor rural e diretor da Associação de Moradores do Marape, Alessandro Oliveira Marinho foi um dos participantes. “A expectativa é grande, pois temos áreas pequenas e precisamos diversificar para ter mais renda, a perspectiva é ampliar com visitação, para ter mais renda na propriedade. Com a formação a gente vê que tem um potencial que nem imaginava.", comemora o produtor rural.


Para além dos agricultores, a inciativa tem o potencial de fomentar toda a economia de toda a região, como reconhece Luana Silva, sócia em uma empresa local, “apoia e aderi ao projeto, pois acredito no potencial. Acreditamos que vai trazer rentabilidade, fazer girar o comércio, e a expectativa é muito boa, estamos apoiando, e muitas pessoas estão muito felizes com o projeto entusiasmadas em participar e agregar.”


A afirmação da moradora é endossada pelo turismólogo e empresário do setor, Enymar Ataíde. Ele reforça que o turismo é uma cadeia produtiva onde cada um depende do outro. “A potencialidade no Marape existe e o caminho é esse, capacitar, orientar e fazer com que as pessoas entendam o futuro investimento e se transformar num polo de turismo para região.”, finalizou.


Serviço:

O que: Capacitação dos moradores do Assentamento Rural Pontal do Marape para atuar no turismo.

Quando: 30 de julho, das 08h às 12h.

Onde: Escola Municipal Jorge Carlos Ferreira.

Mais informações: (65) 9969-0762


Commentaires


bottom of page