top of page
jornal

Imprensa

Espaço de relacionamento com a mídia e assessorias de comunicação

PRAS BANDAS DE CÁ: Lançamento reuniu músicos e agentes da cultura de Mato Grosso



Músicos, produtores culturais, servidores da Secretaria de Estado de Cultura, Esporte e Lazer (Secel/MT), e o secretário adjunto de Cultura, Jan Moura se reuniram ao presidente da Central das Organizações do Estado de Mato Grosso (Cordemato), Johnny Everson, e a equipe da entidade, para o lançamento de 10 clipes do projeto “Pras Bandas de Cá”.


A apresentação foi realizada no saguão da Secel, em Cuiabá, na terça-feira (29.08), e é a primeira entrega do projeto que gravou, ao todo, 30 clipes, no Mirante Alto do Céu, em Chapada dos Guimarães. O projeto de economia criativa contemplou grupos que vão do rap ao sertanejo de raiz, sendo a banda Cão do Mato, Pacha Ana, Renato Braga, Rafa Barros. Chris Chaves, Mariana Borealis, Kleber D'Moura, Geandro Moura, Niely Cardoso e Johnny Everson.


A cantora Mariana Borealis, que participou do evento de estreia dos clipes na Secel, afirmou que a oportunidade foi um "presente imensurável". "É um presente imensurável termos a oportunidade de gravar um clipe. E meu segundo clipe em mais de dez anos de carreira. Então é uma caminhada que precisamos de esforço mútuo e de uma coletividade muito grande".


“Parabéns a Cordemato, esse projeto é ousado, corajoso, dá voz para diversidade cultural, e é um incentivo para que aconteça mais vezes.”, comemorou o vocalista da banda Cão do Mato, que apresentou o rock no projeto.


Representante da mistura do forró com o sertanejo, Rafa Barros também celebrou a oportunidade. “Sou mineiro, oriundo de projeto social, onde comecei a carreira, a mais de 20 anos, inclusive em uma iniciativa social foi onde conheci o Johnny Everson e aprendi muito. E agora nos encontramos nesse projeto. E fico muito feliz, pois fazer os melhores conteúdos está na visão de qualquer artista que quer algo maior. Estou muito contente e espero estar em outros trabalhos.”, afirmou.




O presidente da Cordemato e idealizador do projeto. Johnny Everson, explicou que a iniciativa Pras Bandas de Cá é resultado da própria experiência, e dificuldade na produção de músicas em estúdio e clipes. Ele conta que a incubadora musical proporcionou na sua primeira fase, a gravação de músicas com a entrega de CDs para cinco artistas, “um material com alto nível de profissionalismo, de qualidade e com equipamentos de alta tecnologia para a produção, o que ainda está longe da realidade de artistas de grande talento, mas que precisam desse suporte financeiro”.


E nesta segunda fase, realizou a gravação de clipes, onde cada detalhe foi pensado. “Desde o local, com o intuito de valorizar o potencial turístico de Chapada dos Guimarães, passando por cada aspecto técnico.”, contou, Johnny Everson. Cada artista teve direito a gravar três músicas autorais ou com arranjos inéditos, totalizando os 30 clipes.


O secretário adjunto da Secel. Jan Moura, ressaltou que o Festival Pras Bandas de Cá também funciona como portfólio para os artistas regionais. "Sabemos que esse acesso é feito através de clipes musicais e produtos bem feitos para que os artistas possam apresentar suas músicas para as gravadoras nacionais e produtores de festivais ou de eventos nacionais





Aline Coêlho

Assessoria de Comunicação

Comentarios


bottom of page