top of page
jornal

Imprensa

Espaço de relacionamento com a mídia e assessorias de comunicação

S​anto Antônio do Leverger celebra 122 anos com evento de retomada cultural


A celebração da história de uma cidade que já foi o principal polo econômico e político de Mato Grosso, esse é o objetivo do evento realizado nos dias 12 e 13 de junho, para comemorar os 122 anos de Santo Antônio do Leverger (34 km de Cuiabá). Com acesso gratuito do público nos dois dias, a festa será realizada na Praça Central, e tem o selo do Circuito Cultural “Evento Legal”.

Para quem está pensando em curtir a programação, a festa começa no domingo, dia 12, à partir das 18h, com os shows de Bitth do Verão, Lambadão dos Federais, Matheuzinho Sucessinho, Rodriguinho Simpatia, e com o Siriri, dos Grupos Folclóricos Arco Íris e Moreninha. Na segunda-feira, 13, feriado municipal, as atrações são o show nacional com Cezar e Paulinho, além dos regionais, Jaum Cuiabano e Juliano, e Cristina e Regina.

Evento Legal

O projeto está na segunda fase, e além de realizar produções com atrações culturais, musicais e gastronômicas gratuitas para toda a família, no Estado, tem o propósito de empoderar as pequenas organizações da sociedade civil de Mato Grosso. Por meio de um programa de capacitação em aulas práticas, de gestão de projetos e parcerias.

O Evento Legal já realizou quatro rodeios, sendo eles no Distrito do Sucuri e no Nova Esperança em Cuiabá, em Itaúba e em Nova Bandeirantes, além de Manifestações Culturais no 15º Campeonato dos Feirantes, no Porto em Cuiabá. Mais de 20 eventos do Circuito estão programados para o segundo semestre deste ano.

A iniciativa é realizada pela Central das Pequenas Organizações do Estado de Mato Grosso (CORDEMATO), em parceria com o Governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado de Cultura, Esportes e Lazer, (Secel) e com o apoio institucional da Assembleia Legislativa de Mato Grosso, por meio de emendas dos deputados estaduais Dilmar Dalbosco, Eduardo Botelho, Max Russi, Allan Kardec, Wilson Santos, Nininho, João Batista, Dr. João, Gilberto Cattani, Faissal e Valmir Moretto.

De Rio Abaixo à Leverger

A Terra natal de Marechal Cândido Rondon, o município de Santo Antônio de Leverger faz parte da Região Metropolitana do Vale do Rio Cuiabá. A cidade tem como base de sua economia o turismo da pesca e a agricultura de subsistência, além de ter a história e tradições atreladas à do Estado de Mato Grosso.

Um dos mitos sobre a fundação do município, resgata que uma embarcação paulista subia o rio depois de ter guerreado com indígenas Bororo, quando encalhou na região que hoje é o município. Quando tiraram a imagem de Santo Antônio, a embarcação desencalhou. Então eles entenderam que a imagem de Santo Antônio queria ficar naquela região.

Santo Antônio do Rio Abaixo foi a primeira denominação deste município, e depois de muito tempo trocando de nome, permaneceu uma homenagem ao santo padroeiro e ao Almirante Augusto Leverger, o Barão de Melgaço, francês de nascimento, que foi presidente da Província de Mato Grosso, e herói da Guerra do Paraguai.






Aline Coelho

Assessoria de Comunicação

Comments


bottom of page